10 dicas para praticar a atenção plena. Tem um instagram que eu sigo que é o @wishplanner.  Ele  trouxe um card muito bacana  sobre atenção plena e aí eu resolvi compartilhar com vocês  em forma de post. Eu tenho pensado muito em algumas medidas para desacelerar. Principalmente, à noite. Nunca tive problemas para dormir, mas ultimamente, confesso que tenho ficado ansiosa.

Em dezembro do ano passado li o livro autobiográfico de Gisele Bundchen – “Aprendizados – Minha Caminhada Para Uma Vida Com Mais Significados”.  No final da leitura, fiquei muito cética e me questionei : como alguém pode ser e ter uma vida tão perfeita?

Inclusive tenho uma amiga/conhecida que indicou a leitura do livro de Gisele em seu Instagram e eu comentei que não havia gostado da leitura por ter achado a vida dela perfeita demais. E ela me respondeu que era golpe de marketing. Pensei sobre este viés e aí constatei que só poderia ser mesmo, porque quem consegue acordar sempre  de manhã já feliz e plena para o dia todo? Acreditem, a Gisele acorda assim durante os 365 dias do ano. A palavra que ela mais usa e que mais a define é DISCIPLINA. Foi esta mensagem que ela quis deixar no livro.

Gisele fala de sua infância e engrandece bastante sua mãe que se matou trabalhando e  criou as irmãs todas (sic) … Minha mãe, sempre batalhadora, trabalhava como bancária e ainda dava conta de toda a rotina da casa e das filhas. Pincela com pilulas douradas  seu pai (inevitavelmente comparei com o mesmo pai-personagem do  “Castelo de Vidro” de Jeanette Walls)…(sic)…Meu pai era um empreendedor, teve muitas atividades diferentes. Ele estava sempre lendo, aprendendo e criando, e era — e ainda é — um espírito livre de verdade. Hoje atua como palestrante motivacional e sociólogo trabalhando comigo em projetos ambientais.

Ah se não fosse o dedo de midas de Gisele….

Deixando a Gisele e seu livro mágico para ela e para MIM de lado, 2019 chegou e com ele, comecei a procurar dicas para praticar a atenção plena. Eu nunca meditei, só fiz um semestre de ioga na Faculdade de Letras como modalidade de Educação Física e, na época, foi para me livrar do Teste de Cooper (teste de corrida obrigatório). O máximo que faço é Pilates 3 vezes na semana.

Porém, já estou amadurecendo a ideia para procurar alguma coisa para alcançar um pouco de plenitude e quem sabe uma meditação para iniciantes. Vamos então conferir as dicas para praticar a atenção plena:

1 – Dedique tempo a atividade que te revigora

2 – Observe como seu corpo reage

3 – Observe sua respiração

4 – Reconheça e deixe ir embora pensamentos de medo

5 – Conscientize-se de que pensamentos não são a realidade

6 – Escute a voz tranquila da compaixão

7 – Preste atenção no que está acontecendo aqui e agora

8 – Aceite e aprecie que as coisas vem e vão. Agradeça,

9 – Cultive a sensação de dever cumprido.

10 – Caminhe sem pressa

Se você quiser receber os posts do blog por e-mail sempre nas sextas-feiras, assine a newsletter.

Gostou do post? Acompanhe também meu Instagram

Beijos!

Você também pode gostar:

2 comentários

Comentário

Oi janeisa,
Eu estava fazendoo maior pouco caso para op livro da Gisela, mas agora vc me deixou com vontade de ler. Ótimo post, ótimas dicas.
Beijos

Comentário

Oi betty, eu não gostei do livro dela, achei puro golpe de marketing e muita vida inventada apesar de saber de todo o sucesso dela como modelo. Mas esta parte da vida dela, ela pouco falou, deu muito ênfase na plenitude e no exemplo de sua familia de comercial de margarina perfeita que não me convenceu. Beijos!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

Comente pelo Facebook